Tuesday, August 03, 2010

Genealogia Paranaense

Achei em um SEBO... hoje que dia feliz! Meu avô está no volume II.

uma obra que talvez algumas famílias possuam jogadas em velhos baús: os sete volumes da "Genealogia Paranaense", trabalho da maior importância editada entre 1926-61 e que, infelizmente, até hoje não teve o merecido destaque dentro de nossa pobre bibliografia. Fruto de 24 anos de pesquisas do historiador Francisco Negrão (1871-1937), o primeiro volume da "Genealogia Paranaense" saiu em 1926, aparecendo até 1929, a cada ano um novo volume. A morte do historiador, oito anos depois, interrompeu a publicação da volumosa obra. Graças a iniciativa do deputado Caio Machado (1885-1954) também jornalista e historiador, o Congresso Estadual, na legislatura de 1937 autorizou o Governo do Estado a auxiliar a conclusão da impressão do trabalho. A viúva Astrogilda de Sant'Ana Negrão solicitou ao então interventor Manoel Ribas a abertura do crédito necessário para cobrir as despesas de edição dos dois últimos volumes, escritos em 1930 mas que só saíram de 1946 a 1950. Dez anos depois, 1960-61, o genealogista paulista Salvador de Moya, por sua própria iniciativa, resolveu publicar como suplementos da "Revista Genealógica Latina", em São Paulo, na coleção Índices Genealógicos Brasileiros os volumes de Batismo e Apelido (onde podem ser encontrados nos nomes das famílias paranaenses pesquisadas até 1930. Embora em junho de 1944 existisse um Instituto Genealógico do Paraná - que chegou a fazer um apelo pela edição da obra - o levantamento de Negrão nunca foi atualizado e hoje, passados 44 anos, isto é uma tarefa fascinante mas difícil, pois as milhares de famílias citadas nos cinco volumes cresceram em progressão geométrica, muitas delas espalhando-se por todo o País. De qualquer forma, a "Genealogia Paranaense" merecia uma reedição e atualização, pois é obra básica na história do Paraná.

Saturday, June 26, 2010

20/80

Será que concentramos nossos esforços no que é realmente importante?

O Princípio de Pareto foi criado no Séc. XIX por Vilfredo Pareto que, ao analisar a sociedade concluiu que grande parte da riqueza se encontrava nas mãos de um número demasiado reduzido de pessoas.


Após concluir que este princípio estava válido em muitas áreas da vida quotidiana, estabeleceu o designado método de análise de Pareto, também conhecido como dos 20-80% e que significa que um pequeno número de causas (geralmente 20%) é responsável pela maioria dos problemas (geralmente 80%).


Coloque suas fichas no essencial. Esqueça o trivial. O resto, o Universo faz para você.

Em outras palavras, 20% dos alunos de uma sala de aula, são responsáveis por 80% da bagunça e do caos, enfrentado pelos professores. Controle os 20% e você controlará a sala de aula. Vinte por cento dos clientes de uma empresa são responsáveis por 80% das compras repetidas. Invista nesses 20% e eles trarão ainda mais lucros para sua empresa. Vinte por cento dos criminosos são responsáveis por 80% dos crimes registrados. Se a polícia tomar de assalto estes 20%, a criminalidade cairá 80%.

Parece fantasia? Não é. Em sua vida pessoal o mesmo acontece. Vinte por cento daquilo que você diz para as pessoas são responsáveis por 80% das reações que provoca nelas. Portanto, todo cuidado é pouco quando você conversa com alguém que seja importante para você: Se você disser apenas 2 palavras ásperas, em 10... terá um problema de relacionamento para cuidar. Vinte por cento daquilo que você escolhe para comer é responsável por 80% dos problemas de saúde que surgirão mais tarde, em sua vida. Troque os 20% que podem gerar essas doenças e você obterá 80% de chance de não desenvolver tais problemas.

Enfim, apenas 20% por cento de tudo o que você lê em um texto (como este) já contém o mais importante a ser dito. Os outros 80% são apenas palavras de ligação, introdução, fechamento e repetição didática.

Na sua vida, isso é muito importante. Deixe-me repetir: MUITO importante. Note que de tudo aquilo que você fizer essa semana, apenas 20% são coisas essenciais. As outras 80% serão apenas secundárias. Por isso, a chave é escolher, ou decidir, quais são os 20% essenciais, e jogar todas as suas fichas ali.

Você quer dar um salto em sua vida? Então, pare de assistir 80% daquilo que você assiste na TV, e escolha os 20% que são essenciais para você. Olhe para sua agenda e faça o melhor que puder com os 20% essenciais, em seu dia, deixando os 80% triviais para fazer quando, e se, sobrar tempo. Pare de se preocupar com aquilo que está nos 80%. Concentre seus dias aos 20% essenciais.

Lembre-se do que dizia Pareto: "apenas 20% daquilo que você faz é responsável por 80% dos seus resultados". Você jamais poderá fazer tudo, mas ao menos fará o que é essencial para sua vida, seu sucesso e sua felicidade.

Aldo Novak é autor e conferencista http://www.aldonovak.com.br

Tuesday, May 18, 2010

Tantos projetos...quero muito fazê-los!

1. BONECOS FEITOS DE MEIA.

    2. ORGANIZADOR  PARA A BOLSA.
    3. BICHINHOS DE POMPOM.
    4. APOIO PRA LAPTOP.
    5.ETC...ETC...ETC.

    Desanimada...totalmente.


    Comi talvez 100g de chocolate totalmente, maravilhosamente amargo. 50% amargo. Estou muito sem rumo...nem consigo terminar um pompom pra Natália e agora por conta do chocolate, estou sem sono tbém.
    pic tirada na praia de caravelas em búzios.
    Unico lugar onde ainda tem um pouco de conchas, sempre acompanhadas de uma tampinha de PET é claro! Ou quem sabe a garrafa toda...

    triste.

    Wednesday, March 31, 2010

    Não me ridicularize...

    Canção das mulheres – Lya Luft


    Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.

    Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

    Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

    Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.

    Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.

    Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.

    Que o outro sinta quanto me dói a idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco — em lugar de voltar logo à sua vida, não porque lá está a sua verdade mas talvez seu medo ou sua culpa.

    Que se começo a chorar sem motivo depois de um dia daqueles, o outro não desconfie logo que é culpa dele, ou que não o amo mais.

    Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo “Olha que estou tendo muita paciência com você!”

    Que se me entusiasmo por alguma coisa o outro não a diminua, nem me chame de ingênua, nem queira fechar essa porta necessária que se abre para mim, por mais tola que lhe pareça.

    Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.

    Que quando levanto de madrugada e ando pela casa, o outro não venha logo atrás de mim reclamando: “Mas que chateação essa sua mania, volta pra cama!”

    Que se eu peço um segundo drinque no restaurante o outro não comente logo: “Pôxa, mais um?”

    Que se eu eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.

    Que o outro — filho, amigo, amante, marido — não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

    Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa — uma mulher.

    Thursday, September 10, 2009

    Feliz Aniversário minha gatinha!



























    A menina caminhante das estradas
    Caminhando pelas estradas
    Uma linda menina ia
    ouvindo o murmurar das flores
    misteriosamente sorria...
    Os pássaros a acompanham,
    Os ventos a acariciam até os bosques risonhos,
    acalentam todos seus sonhos

    Ah - quem será essa menina
    que as vidas chamam de Amore

    que faz até soltar suspiros
    nos girassóis e nos lírios?
    Ao som do silencio profundo

    a Misteriosa Menina sorria
    à todos das estradas das vidas
    e como viver ensina !

    Fechando os olhos, imagino,
    e sorri feliz meu coração,
    que essa doce mulher_menina
    está me estendendo a mão!

    (Zeca)

    Sunday, August 16, 2009

    É lindo, mas pode morrer...

    O Amor
    O amor, quando se revela,
    Não se sabe revelar.
    Sabe bem olhar p'ra ela,
    Mas não lhe sabe falar.
    Quem quer dizer o que sente
    Não sabe o que há de *dizer.
    Fala: parece que mente Cala: parece esquecer
    Ah, mas se ela adivinhasse,
    Se pudesse ouvir o olhar,
    E se um olhar lhe bastasse Pr'a saber que a estão a amar!
    Mas quem sente muito, cala;
    Quem quer dizer quanto sente Fica sem alma nem fala,
    Fica só, inteiramente!
    Mas se isto puder contar-lhe O que não lhe ouso contar,
    Já não terei que falar-lhe Porque lhe estou a falar..

    Fernando Pessoa

    As Sem-Razões do Amor

    Eu te amo porque te amo, Não precisas ser amante, e nem sempre sabes sê-lo.
    Eu te amo porque te amo
    Amor é estado de graça e com amor não se paga.
    Amor é dado de graça, é semeado no vento, na cachoeira, no eclipse.
    Amor foge a dicionários e a regulamentos vários.
    Eu te amo porque não amo bastante ou demais a mim.
    Porque amor não se troca, não se conjuga nem se ama.
    Porque amor é amor a nada, feliz e forte em si mesmo.
    Amor é primo da morte, e da morte vencedor, por mais que o matem (e matam) a cada instante de amor.

    Carlos Drummond de Andrade

    Thursday, July 30, 2009

    Fuxicando de madrugada...

    Samways - Ançay:



    Só uma amiga juntaria pequenos tesourinhos, contas, flores de crochê e fuxicos guardados em uma caixa e transformaria tudo em uma lembrança!

    Uma pescaria, coca-cola e a Boa Alma de Setsuan.



    Bjos Amiga!!

    Wednesday, July 15, 2009

    Saturday, June 13, 2009

    Singer 290

    olha os pontinhos que ela faz...ui que emoção!

    Comprei essa máquina em um brechó, sem garantia nenhuma, eu sabia que ela funcionava mas sem saber se faria os pontinhos de bordado que eu tanto quero... mas gastei mais uns trocados e ela FUNCIONA!
    Mas passar o fio e encher a bobina esta sendo um parto! eu queria muito ter o manual de instruções!! Alguém tem aí o manual dessa Balzaquiana?

    Wednesday, October 29, 2008

    Singing Pig


    "Never try to teach a pig to sing. It wastes your time
    and it bothers the pig."


    Tuesday, October 28, 2008

    Gugu veio nos visitar

    GUGU PEDIU MUITO PARA IR À "PAIA" E FOMOS PEGAR SOL EM CAMBOINHAS, DEPOIS DO LANCHE... UM CHAPÉU NOVO!


    Monday, October 20, 2008

    Peças novas






    Eu estou adicionando fotos desses trabalhos por que facilita para trocar idéias com minhas comadres entende? Assim, vemos as fotos e depois nos falamos, já que tenho amigas de norte ao sul do Brasil hahahaha! Como é bom ter amigos!!!


    Friday, October 03, 2008

    Pintura Decorativa


    AQUI ESTÃO MINHAS TENTATIVAS... A CASINHA DO ULTIMO



    POST É A DA PROFESSORA... ESSAS SÃO AS MINHAS TERMINADAS!



    NA PEQUENA CÔMODA DA NATALIA,


    O MEU "CRAQUELÊ" FICOU COM FALHAS E DEFEITINHOS...










    Tuesday, September 23, 2008

    Curso de Pintura Decorativa






    1. Fiz apenas 4 aulas no Atelier Carioca, uma
    1. terapia maravilhosa... mas fica muito longe para
    1. viajar de Niterói ao Rio todo sábado...
    pena... aprendi muitas técnicas legais.


    Friday, June 20, 2008

    Fotos e mais fotos

    ACAMPAMENTO DAS MOÇAS ESTACA ANDARAÍ 1994 GUAPIMIRIM

    As vezes, acho que o trabalho de casa me oprime, me deixa meio desesperada...embora justo e necessári0.

    Nesses momentos sento aqui ao teclado e tento ser útil ou quem sabe enviar algum sinal de fumaça (cybersmoke!).

    Penso que talvez, vendo essas fotos, muitas das então moças e agora mulheres adultas, poderão desenvolver melhor seus chamados, não desanimar pois vale a pena.

    Para termos memórias temos que construí-las a cada dia.

    bjos.

    Cris.

    MAIS FOTOS NO ÁLBUM AO LADO... e mais fotos rolando abaixo camp de 1992/93

    Ah, deixe um comentário senão me sinto no deserto e além do mais não me lembro dos detalhes dessas atividades.

    Friday, April 25, 2008

    A receita mais famosa de 2008 - Torta de Bis

    A receita mais gostosa de 2008!





    Para minha cunhadinha Rosilda!


    CD novo... adorei!



    Acho que cinema ficou muito caro... R$ 18,00
    e eu sou tudo, menos estudante pra pagar 1/2 ...
    então troquei o filme pelo novo CD da Celine Dion...ótimo.

    Feriado



    “I may not agree with anything you say, but I will ~
    fiercely fight for your freedom to say it.”



    ou seja...

    "Posso não concordar com nada do que dizes mas vou

    debater-me ferozmente pela liberdade de o poderes

    dizer."